E se eu fosse um peixe?

E se eu fosse um peixe?

E se um dia acordassem na pele de um peixe? Como seria?

Peçam aos vossos filhos que vos contem como seria o dia deles no mar. Podem escolher o tipo de peixe que seriam, o mar onde navegariam, os amigos que teriam… E depois peçam-lhes que pensem nas peripécias que viveriam, e que podem documentar com um desenho ou um texto. Como condição, terão apenas de incluir, na vossa história, estas três aventuras:

– São quase pescados por uma rede de pesca que não cumpre as regras (e aproveitem para lhes falar na pesca acidental e na sobrepesca, também de peixes jovens).

– Ingerem plástico a pensar que é comida (sabiam que os oceanos recebem 8 milhões de toneladas de plástico por ano?).

– Deparam-se com uma ilha de lixo (e mostrem-lhes algumas imagens da internet).

 

Se deste desafio resultar algum desenho ou história, não se esqueçam de mo enviar! Divirtam-se… e, quando voltarem a ser humanos outra vez, não se esqueçam de proteger os nossos mares e oceanos, fonte de vida e habitat de tantas espécies.

 

PS – A ilustração é do João Rodrigues, para o livro que escrevi sobre estas temáticas (“A Garrafa Mágica”, D.Quixote.-Leya), em parceria com a Sailors for the Sea Portugal. Contamos convosco e com os filhos para se tornarem verdadeiros guardiões dos mares!



3 thoughts on “E se eu fosse um peixe?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *